[Download] ➺ Ashram ➿ Ana Luiz – Larringtonlifecoaching.co.uk

Ashram Na Antiga Lusit Nia Habitava Um Velho Eremita A Sua Solid O Era Apenas Interrompida Por Espor Dicos Viajantes, Provenientes Das Tribos Do Territ Rio Mas Um Dia, O Respeitado Anci O Recebeu Na Sua Cabana, Um Forasteiro Perdido Que Se Revelou Muito Especial Lugar Do Pr Mio Campos Do Jord O De Literatura , Categoria Autor Internacional

10 thoughts on “Ashram

  1. says:

    Opini o completa em Opini o completa em

  2. says:

    N o conhecia esta autora Mas este ano quero conhecer mais novos autores portugueses e nada melhor que come ar por ler os seus contos que nos disponibilizam gratuitamente O t tulo fez me lembrar retiros espirituais de yoga e medita o O conto n o se trata propriamente disso, mas n o deixa de ser uma hist ria de descoberta Este conto sobre um velho ermita que escreve hist rias sobre os seus visitantes, que v o at ele buscar outras hist rias At que um dia recebe uma visita inesperada que N o conhecia esta autora Mas este ano quero conhecer mais novos autores portugueses e nada melhor que come ar por ler os seus contos que nos disponibilizam gratuitamente O t tulo fez me lembrar retiros espirituais de yoga e medita o O conto n o se trata propriamente disso, mas n o deixa de ser uma hist ria de descoberta Este conto sobre um velho ermita que escreve hist rias sobre os seus visitantes, que v o at ele buscar outras hist rias At que um dia recebe uma visita inesperada que nos leva a um final inesperado Que eu adoreiGostei do conto e da escrita da autora bem estrutura Recomendo a sua leitura

  3. says:

    A Ana Luiz uma escritora fant stica Adoro os contos dela, e quem os l facilmente compreende a sua qualidade Este conto me particularmente especial pois li o como beta reader j h uns tempos E daqueles contos que nos marcam pela tem tica A Ana assim, consegue escrever sobre qualquer tem tica mesmo tem ticas que n o me dizem nada e torn los especiais O problema com a Ana que sempre que me pede para fazer de beta reader sinto me impotente, sem nada para dizer, pois ela escreve t A Ana Luiz uma escritora fant stica Adoro os contos dela, e quem os l facilmente compreende a sua qualidade Este conto me particularmente especial pois li o como beta reader j h uns tempos E daqueles contos que nos marcam pela tem tica A Ana assim, consegue escrever sobre qualquer tem tica mesmo tem ticas que n o me dizem nada e torn los especiais O problema com a Ana que sempre que me pede para fazer de beta reader sinto me impotente, sem nada para dizer, pois ela escreve tudo de forma t o clara, e constr i uma hist ria de forma t o bem estruturada, que normalmente n o me sai nada de construtivo Nesta hist ria encontramos um Ansi o eremita que habita numa zona muito especial que, no entanto, de vez em quando, abre a sua porta a alguns forasteiros em troca de algo Sendo que um dia aparece um que um pouco diferente Que acontecer Claro que o amor aos livros est aqui impregnado, e por isso acho que qualquer pessoa que goste de ler encontrar aqui algo de especial Uma leitura que recomendo sem d vida

  4. says:

    3,5

  5. says:

    Na semana passada cruzei me com a opini o a este conto no blog da Silv ria N o conhecia o conto nem a autora, mas as palavras da Silv ria deixaram me com vontade de ler e ficar a conhecer Eu gosto de ler novos autores e fazer novas descobertas, principalmente quando s o autores lusos a n s, portugueses, que cabe valorizar o seu trabalho e empenho Tal como a Silv ria fui pesquisar o significado da palavras ashram, pois n o conhecia um t tulo exce Na semana passada cruzei me com a opini o a este conto no blog da Silv ria N o conhecia o conto nem a autora, mas as palavras da Silv ria deixaram me com vontade de ler e ficar a conhecer Eu gosto de ler novos autores e fazer novas descobertas, principalmente quando s o autores lusos a n s, portugueses, que cabe valorizar o seu trabalho e empenho Tal como a Silv ria fui pesquisar o significado da palavras ashram, pois n o conhecia um t tulo excelente para acompanhar um conte do brilhante e muito bem escrito.Ao longo das p ginas que comp em este conto vamos conhecendo a vida de um velho ermita que gosta de ouvir hist rias daqueles a quem d abrigo muito interessante a forma como a autora vai dando corpo aos visitantes e s hist rias A ltima hist ria que nos contada tem um leve acontecimento que remeteu a minha mem ria para um conto de E a de Queir s do qual gosto muito, A aia uma semelhan a muito ligeira, depois a hist ria assume novos contorno at culminar num final inesperado e muito, muito interessante Eu gostei muito do conto e da escrita da autora O final apetrechado do factor surpresa, fazendo refer ncia a algo que gosto muito Numa narrativa bem desenvolvida, organizada, compreens vel e muito bem estrutura a autora Ana Luiz leva nos numa viagem de descoberta e fasc nio Recomendo a leitura e espero conhecer mais trabalhos da autora

  6. says:

    Conto intrigante, que nos transporta para os ermos da antiga lusit nia numa hist ria sobre um contador de hist rias Um eremita sobrevive no alto de uma montanha gra as sua capacidade de contar hist rias, que transmite aos visitantes vindos das tribos circundantes Estes recompensam no com v veres, e levam para as suas tribos relatos sem que no entanto se recordem do que passaram no topo da montanha Algo diferente acontecer quando um viajante escanzelado encontra ref gio no abrigo do eremita Conto intrigante, que nos transporta para os ermos da antiga lusit nia numa hist ria sobre um contador de hist rias Um eremita sobrevive no alto de uma montanha gra as sua capacidade de contar hist rias, que transmite aos visitantes vindos das tribos circundantes Estes recompensam no com v veres, e levam para as suas tribos relatos sem que no entanto se recordem do que passaram no topo da montanha Algo diferente acontecer quando um viajante escanzelado encontra ref gio no abrigo do eremita e lhe transmite atrav s da sua hist ria o poder da m sica Poderia dizer que tipo de m sica , mas isso seria um tremendo spoiler ao conto.O conto destaca se pela solidez da sua ambi ncia, mergulhando nos nos ermos e serranias do pa s profundo, ou melhor, do ber o do nosso pa s contempor neo S um detalhe me escapou se estamos a falar de tempos pr romanos, como que o eremita tinha tabaco para fumar Pequeno pormenor, que n o estraga um conto muito s lido

  7. says:

    Podem ler a opini o tamb m no blog conto passa se ainda na lusit nia e fala nos de um velho eremita que escreve hist rias que troca depois por comida O conceito est muito interessante e a hist ria tamb m, especialmente o final No entanto a escrita, ou melhor, a forma de contar a hist ria em prosa, fazendo quase nenhum uso do di logo ou de cenas contadas de uma forma mais intensa, n o me encheu bem as medidas.Embora eu at entenda que talvez o intu Podem ler a opini o tamb m no blog conto passa se ainda na lusit nia e fala nos de um velho eremita que escreve hist rias que troca depois por comida O conceito est muito interessante e a hist ria tamb m, especialmente o final No entanto a escrita, ou melhor, a forma de contar a hist ria em prosa, fazendo quase nenhum uso do di logo ou de cenas contadas de uma forma mais intensa, n o me encheu bem as medidas.Embora eu at entenda que talvez o intuito fosse contar a hist ria como se esta estivesse, mais ou menos, a ser contada como uma das hist rias do velho eremita das que se contam volta da fogueira , no fim acho que talvez o conto tivesse ganho outra dimens o se as cenas entre o eremita e o rei fossem mais sentidas.No geral gostei mas n o posso dizer que a prosa me tenha maracado Dito isto, o final conseguiu surpreender

  8. says:

    Nunca tinha lido nada de Ana Luiz, e quando me apercebi que conhecia a autora virtualmente, tive de fazer um esfor o enorme para conseguir separar a sua personalidade t o simp tica do seu trabalho Estava na hora de ser imparcial A verdade que Ashram n o me estava a apaixonar, at queles ltimos par grafos Parecia me uma hist ria muito pequena para estar a perder tempo com algumas das situa es contadas, e sinceramente estava a aborrecer me Mas depois de ler a conclus o fiquei conquistada, Nunca tinha lido nada de Ana Luiz, e quando me apercebi que conhecia a autora virtualmente, tive de fazer um esfor o enorme para conseguir separar a sua personalidade t o simp tica do seu trabalho Estava na hora de ser imparcial A verdade que Ashram n o me estava a apaixonar, at queles ltimos par grafos Parecia me uma hist ria muito pequena para estar a perder tempo com algumas das situa es contadas, e sinceramente estava a aborrecer me Mas depois de ler a conclus o fiquei conquistada, e vi Ashram com outros olhos embora aponte os mesmos defeitos, h um v u de encantamento nas palavras que me fazem sorrir quando penso na hist ria.Desconhe o se a autora se baseou em alguma lenda j existente para dar forma a este conto, mas de qualquer das formas uma narrativa muito bonita e que vale bem a pena a leitura.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *